Tipos de isolamento e Precaução

TIPOS DE ISOLAMENTO OU PRECAUÇÃO

Existem 4 tipos de Isolamento ou Precaução, são eles:

  1. Precauções Padrão
  2. Precauções de Contato
  3. Precauções com Gotículas Perdigoto
  4. Precauções com Gotículas Aressóis

PRECAUÇÃO PADRÃO

As precauções padrões, dentro dos tipos de isolamento, refere-se a um conjunto de medidas que devem ser aplicadas em todos os pacientes internados de forma geral através do uso:

  • Lavagem das mãos (antes e após todo procedimento em determinado paciente, entre pacientes, após o uso do sanitário, após retirar luvas);
  • Luvas (uso de luvas não estéreis mas limpas quando existir possibilidade de contato com sangue, líquidos corpóreos, sangue, secreções, excreções com exceção do suor, pele não íntegra, membrana mucosa. Entre um paciente e outro, ou entre sítios anatômicos do mesmo paciente, deve-se trocar as luvas. Após o uso, retirá-las e imediatamente providenciar a lavagem das mãos. Higienizar as mãos antes e após o uso);
  • Avental (limpo e não estéril, é utilizado para proteger as roupas e superfícies corporais de respingos de sangue, secreções e excreções e líquidos corporais. Após o procedimento retirar o avental e providenciar a higienização das mãos de imediato);
  • Máscaras, Protetor de Olhos e de Face: (Devem ser utilizar para proteger as mucosas oral, nasal e ocular de respingos de secreções, excreções, sangue e líquidos corporais);
  • Cuidados com Artigos e Equipamentos de Assistência ao Paciente (Devem ser manuseados de forma que não contaminem o ambiente, os pacientes e os profissionais de saúde e encaminhados para a limpeza e desinfecção ou esterilização);
  • Controle de Infecção no Ambiente (Garantir protocolos de normas e rotinas para a adequada limpeza e descontaminação das superfícies ambientais – leito do paciente, equipamentos de cabeceira e outros;
  • Cuidado com Roupas ( roupas usadas, sujas com sangue, secreções , excreções e líquidos corporais deverão ser condicionadas em sacos impermeáveis para evitar contaminação de superfícies ambientais.
  • Prevenção de Acidentes posterior Contaminação (prevenir acidentes com perfuro-cortantes, bisturis e outros, não reencapar agulhas, descarte correto observando limite dos recipientes);
  • Acomodação Adequada do Paciente (deve utilizar quarto privativo quando o paciente não for capaz de manter sua higiene pessoal e do ambiente);

Leia a matéria completa sobre PRECAUÇÃO PADRÃO, Clique aqui.


PRECAUÇÃO DE CONTATO

Sobre os tipos de isolamento, a precaução de contato é aquele que deve ser adotada quando o paciente tem potencial de transmissão por meio direto e indireto.

É importante lembrar,que na precaução de contato a precaução padrão também deverá ser aplicada.

Os micro-organismos podem ser transmitidos de pessoa a pessoa por meio de contato com a pele e mucosas e ocorrem de suas formas:

  • Contato Direto (Transmissão de patógenos de um paciente para outro através do contato direto da pele).
  • Contato Indireto (Transmissão de patógenos por meio de fômites ou veículos inanimados como roupas contaminados, artigos e equipamentos contaminados).

Na Precaução por Contato deve-se:

  • Oferecer quarto privativo ou comum para o mesmo microorganismo;
  • Luvas e Aventa deverão ser utilizadas para o contato com o paciente ou material infectante;
  • Transporte do paciente deverá ser evitado;
  • Artigos e Equipamentos deverão ser de uso exclusivo para cada paciente.

Leia mais sobre PRECAUÇÃO DE CONTATO, clique aqui!

PRECAUÇÃO POR GOTÍCULAS

Dentre os tipos de isolamento, a precaução por gotículas é aquela utilizada quando o potencial de infecção se dá por meio do ar envolvendo dois tipos:

  1. Precaução por gotículas aerossol;
  2. Precaução por gotículas perdigotos.

 

Vejamos o quadro abaixo para compreender as características de cada precaução por gotículas:

tipos-de-isolamento-1 Tipos de isolamento e Precaução

PRECAUÇÃO POR GOTÍCULAS PERDIGOTOS

A transmissão por perdigotos, partículas maiores que 5μm, são gotículas eliminadas através de:

  • Fala;
  • Tosse;
  • Espirros;
  • Realização de procedimentos como a aspiração de secreções.

Os perdigotos atingem cerca de um metro de distância e rapidamente depositam no chão. Podemos citar como exemplo, a transmissão das seguintes doenças:

  • Doença meningocócica;
  • Gripe;
  • Coqueluche;
  • Dfteria;
  • Caxumba e;
  • Rubéola.

Vejamos o quadro abaixo que lista as medidas de precaução para evitar a transmissão por perdigotos:

tipos-de-isolamento-1 Tipos de isolamento e Precaução

PRECAUÇÃO POR GOTÍCULAS AEROSSOIS

A transmissão por aerossóis, partículas menores que 5μm, são gotículas eliminadas  por veio de vias aéreas, quando ressecadas, através da:

  • Fala;
  • Tosse;
  • Espirros.

O aerossóis podem permanecer por horas suspensas no ar podendo atingir outros ambientes através das correntes de ar. São doenças transmitidas por aerossóis:

  • Mycobacterium tuberculosis,
  • Sarampo e;
  • Varicela.

Vejamos o quadro abaixo que lista as medidas de precaução para evitar a transmissão por aerossois:

tipos-de-isolamento-1 Tipos de isolamento e Precaução

Leia mais sobre PRECAUÇÃO POR GOTÍCULAS, clique aqui!

Aprenda de uma forma eficiente e didática toda a matéria de Controle de Infecções Hospitalares e tenha excelente resultado em provas de Concurso, Clique na imagem abaixo, para maiores informações:

tipos-de-isolamento-1 Tipos de isolamento e Precaução 

 

marcus

Olá, meu nome é Marcus Vinícius, tenho 32 anos. Sou blogueiro, enferrmeiro e referência técnica do Centro de Atenção Psicossocial CAPS I de Lagoa da Prata/MG. Sou graduado em Enfermagem pela Universidade de Uberaba UNIUBE. Os meu objetivo neste blog é trazer um conteúdo esquematizado e de fácil entendimento para te auxiliar nas suas pesquisas e estudos na área de enfermagem, saúde pública e saúde como um todo.

Website: http://www.enfermagemesquematizada.com.br

Deixe uma resposta