O que você precisa saber sobre as principais vias de administração de medicamentos?

Quais são as principais vias de administração de medicamentos

vias de administração

Uma das primeiras coisas que um enfermeiro, técnico ou um auxiliar de enfermagem precisa aprender diz respeito as principais vias de administração de medicamentos.

Se você decidiu pesquisar mais sobre o assunto, faz bem. Aqui vamos mostrar quais os principais para você já começar informado fazer um bom trabalho.

Antes de informar quais são as principais vias de administração de medicamentos, vamos precisar lhe dizer que estas são classificadas em dois grandes grupos: via enteral e a parenteral.

 

Via Enteral

via de administração

  1. Oral

Pode-se dizer que esta é a via mais usada e conhecida. Esta apresenta características como segurança, economia e facilidade de administração. O mais chamativo é que esta não causar dor.

Essa via é totalmente contraindicada em pacientes que apresentem náuseas, vômitos, estejam desacordados ou com dificuldade de deglutição, como é o caso crianças pequenas.

Estes podem ser facilmente identificados pelos próprios pacientes, já que apresentam diferentes formas e cores, facilitando muito a identificação.

Veja uma lista com as formas mais conhecidas:

  • Comprimidos
  • Cápsulas
  • Drágeas
  • Elixires
  • Suspensões
  • Xaropes

Possui principalmente absorção intestinal e estomacal.

 

  1. Via sublingual

Trata-se de medicamentos administrados em situações de emergência, que necessita de uma ação rápida, já que estes são absorvidos rapidamente por meio da mucosa sublingual.

Podem estes ser encontrados em forma de comprimidos ou gotas, sendo estes colocados sob a língua, e devem permanecer no mesmo local até que a sua absorção esteja completa.

Estes são aplicados, por exemplo em casos de hipertensão e infarto cardíaco.

 

  1. Via retal

Utilizados quando há contraindicação da administração por via oral, é encontrado em formas de supositórios e podem exercer efeito local ou sistêmico, mas isso vai depender da formulação.

Enemas também são usados por esta via.

 

Via Parenteral

A segunda parte das principais vias de admiração de medicamentos está no grupo parental, que são os medicamentos que precisam de dispositivos auxiliares, como agulhas e seringas.

Esses métodos são considerados “invasivos”.

Quando a administração pela via oral não é recomendada e/ou requer rápida ação, essa via é que será utilizada.

 

  1. Via Intradérmica (ID)

Esses são os medicamentos administrados na derme, usada para reações de hipersensibilidade, como acontece nos casos de teste de alergia.

Devido à sua capacidade de administração de pequenos volumes (entre 0,1 e 0,5 ml), essa via é restrita.

 

  1. Via Subcutânea (SC)

Trata-se medicamentos aplicados sob a pele, no tecido subcutâneo. Os locais incluem as regiões superiores externas dos braços, abdome, região anterior as coxas e superior do dorso.

Os locais de administração são variados, com o objetivo de evitar iatrogenias. A heparina e insulina e algumas vacinas são os medicamentos mais usados.

 

  1. Via Intramuscular (IM)

Trata-se de uma administração feita diretamente no músculo, usada em determinados tipos de formulações, tais como soluções oleosas ou suspensões, que requer uma absorção a longo prazo.

O volume deve ser avaliado, já que este depende da massa muscular do indivíduo, a fim de evitar complicações. Entre músculos mais utilizados, estão o vasto lateral da coxa, o glúteo e o músculo deltoide.

 

  1. Via Endovenosa

Esta também é conhecida como via intravenosa.

Ela consiste na administração de forma direta na corrente sanguínea, por meio da veia. Pode esta incluir uma dose única, ou administração por infusão contínua, que seria no soro fisiológico ou glicosado.

Nesta via são utilizados os medicamentos de difícil absorção, e aqueles com características incompatíveis a administração pela via oral, como os passíveis de degradação pelo suco gástrico.

Esses acompanham risco de dor e a possibilidade de infecções.

 

Outras Vias

As vias de administração de medicamentos a seguir não se aplicam a nenhum dos grupos acima.

 

  1. Via Respiratória

Esse vem em forma de nebulização ou pó inalatório, e é normalmente aplicada em pacientes com problemas respiratórios.

Ele apresenta efeito local (descongestionante nasal ou medicamentos antiasmáticos) ou sistêmico (anestesia inalatória), e a administração é feita por meio da boca.

Esses medicamentos são apresentados em forma de gás ou pó, e percorre a via respiratória e desenvolve a sua ação.

 

  1. Via ocular, intranasal e auricular

Trata-se de medicamentos aplicados localmente.

Na via ocular, esses medicamentos se apresentam em formas de colírio ou pomadas.

Na via nasal (o que inclui os descongestionantes nasais) estão na forma de solução, que para a via auricular se encontram na forma de solução otológica.

Outra é a via a vaginal, que é usada para a administração de medicamentos que induzem o trabalho de parto.

Conhecer todas essas vias de administração de medicamentos é algo que lhe ajudará bastante a fazer um bom trabalho em sua área, de modo que saiba como aplicar cada na hora certa.

Se você é um amante de enfermagem, gostará de conhecer o nosso curso, onde nós trazemos inúmeras aulas que te trará condições de aprender administração de medicamentos uma vez por todas!. Clique aqui para para conhecer!

Marcus Vinícius

Olá, meu nome é Marcus Vinícius. Sou blogueiro, enfermeiro e responsável técnico pelo Centro de Atenção Psicossocial CAPS I do Município de Lagoa da Prata/MG. Este blog tem o objetivo de trazer um conteúdo esquematizado e de fácil assimilação. Aproveite e entre em contato em caso de dúvidas e sugestões!

Website: http://www.enfermagemesquematizada.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *