O choque anafilático é evidenciado por um deslocamento significativo de sangue para os tecidos periféricos causados por uma reação alérgica exacerbada quando o organismo já havia produzido anticorpos a um determinado antígeno (corpo estranho que ao adentrar o organismo ativa o sistema imune). Além disso, o choque anafilático é a condição mais grave de hipersensibilidade. Pode iniciar-se alguns segundos até...
O choque séptico é um choque circulatório em resposta á vasodilatação, hipotensão e hipoperfusão causado por infecção generalizada. A dilatação arterial e venosa maciça permitem que o sangue se represe nos vasos sanguíneos periféricos. Por outro lado, a diminuição drástica de sangue nos vasos centrais provocam uma falência de trabalho do coração. Fisiopatologia O choque séptico se desenvolve gradativamente, veja...
O choque neurogênico é uma condição clínica em que o volume sanguíneo é anormalmente deslocado para os tecidos periféricos levando á hipotensão e hipoperfusão tissular. O choque neurogênico causado por um desequilíbrio entre as estimulações simpáticas e parassimpáticas. Fisiopatologia Para compreender melhor a fisiologia do choque neurogênico, precisamos relembrar relembrar os conceitos de sistema nervoso autônomo simpático e parassimático: Sistema Nervoso...
O choque cardiogênico é provocado por uma disfunção cardíaca. Em outras palavras, o choque é cardiogênico quando o tecido cardíaco é incapaz de fornecer um débito cardíaco adequado ás necessidades do organismo. Etiologia A principal causa de choque cardiogênico é a perda de tecido cardíaco após infarto agudo do miocárdio. As outras causas são a depressão miocárdica devido á...
Choque hipovolêmico é um conjunto de sintomas provocados por uma diminuição aguda do volume de sangue intravascular a tal nível que não é possível manter a perfusão tissular, ou seja, a quantidade de sangue dentro do sistema vascular é insuficiente para manter um fluxo de sangue adequado ao abastecimento nutricional e de oxigênio das células. Etiologia Qualquer fator que reduz a...
Assepsia vem do grego e significa literalmente "ausênsica de putrefação" (a = ausência + sepsia = putrefação). A assepsia é um conjunto de medidas adotadas para impossibilitar a entrada de micro-organismo num ambiente que não os tem. Portanto, um ambiente asséptico é aquele que estão livre de qualquer infecção. Antissepsia Já a palavra antissepsia vem do grego, significa "contra putrefação"...
Cateterismo Vesical O cateterismo vesical é um procedimento invasivo no qual é introduzido um cateter através da uretra com finalidade de drenagem de urina. Objetivos O cateterismo vesical tem os seguintes objetivos: Controlar a incontinência urinária (discutível); Aliviar retenção urinária; Realizar avaliação do débito urinário; Medir volume residual; ...
A Autarquia Municipal São Paulo (AHM-SP) está com inscrições abertas para 948 vagas distribuídas em três Editais em cargos de Nível Fundamental, Médio/Técnico e Superior. Vagas para Enfermagem e Remunerações São 642 vagas para a Enfermagem distribuídas nos seguintes cargos: Enfermeiro - São 53 vagas para o cargo de Analista de Saúde (ANS). Remuneração Inicial:R$ 5.070,00. Técnico em Enfermagem - Disponibilizadas 89 vagas para...
Sonda Nasogástrica A sonda nasogástrica é introduzida pelo nariz e posicionada no estômago para fins de administração de medicamentos e alimentos, obter amostra de conteúdo gástrico e prevenir náuseas e vômitos. Inserção da Sonda Nasogástrica Materiais necessários: Sonda de calibre adequado; Lubrificante hidrossolúve (xilocaína a 2% sem vasoconstritor); Gazes; ...
A Via parenteral é a administração de medicamentos pelas vias: Intradérmica; Subcutânea; Intramuscular e; Endovenosa. Material Necessário Os materiais necessários para a administração de medicamentos por via parenteral são: Bandeja ou Cuba-rim; Seringa; Agulha; Algodão; ...