Controle de infecção hospitalar

Antes de iniciar o assunto propriamente dito, vamos ver o conceito de Infecção Hospitalar de acordo com a Portaria de Nº 2616, de 12 de maio de 1998:

” …é aquela adquirida após a admissão do paciente e que se manifeste durante a internação ou após a alta, quando puder ser relacionada com a internação ou procedimentos hospitalares…”

A prevenção da Infecção hospitalar é o meio mais eficaz para o seu controle, uma vez que, a cada 100 pacientes internados, 13 adquirem infecção hospitalar.

Controle-de-infecção-hospitalar-300x212 Controle de infecção hospitalar

Fontes Comuns Importantes no Controle de Infecção Hospitalar:

  • O paciente;
  • As pessoas que trabalham nestes serviços;
  • O visitante;
  • A poeira.

Leia o artigo: Comissão de Controle de Infecção Hospitalar


Bem, para efetuarmos o Controle de Infecção Hospitalar, é necessário tomarmos medidas preventivas como:

Medidas de controle de infecção hospitalar:

  • Diminuição de pessoas circulantes no ambiente hospitalar. Quantos menos pessoas circular, menor será o potencial de infecção, uma vez que o corpo humano é o principal meio de transmissão de microrganismos;
  • Cuidados específicos no transporte de roupas contaminadas;
  • Desprezar sempre material perfuro-cortante em recipiente próprio;
  • Obedecer normas e procedimentos para controle de infecção hospitalar;
  • A equipe de enfermagem e demais profissionais deverão receber treinamentos periódicos e contínuos de prevenção de infecção hospitalar.
  • Atuação da CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar).

O que deve fazer a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar?

  • Realizar planejamento de ações de prevenção, controle e combate da Infecção hospitalar;
  • Acompanhar o destino final do lixo;
  • Assegurar as medidas de higiene;
  • Conhecer as formas de lidar com materiais e equipamentos contaminados;
  • Lavagem correta das mãos de acordo com a técnica;
  • Uso correto de luvas, máscaras, protetores faciais e oculares, aventais;
  • Garantia da realização da limpeza concorrente e terminal da Unidade do paciente;
  • Cuidados específicos com roupas e talheres;
  • Uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual EPIs;
  • Observar especificações relativas ao quarto do paciente, de acordo com a sua doença;
  • Precauções com transmissão pelo ar;
  • Precauções de contato: vias aéreas, fezes, secreções, fluídos e sangue;
  • Procedimentos adequados durante a assistência e a limpeza e desinfecção rotineira de superfícies e ambientes;
  • Orientação aos visitantes.

Leia o artigo: Comissão de Controle de Infecção Hospitalar

Para você ter uma ÓTIMA preparação para as suas provas de concursos, indicamos UM MATERIAL ESPECIAL que aborda toda a matéria de CCIH e Infecção Hospitalar de uma maneira didática e eficiente para que você nunca mais possa esquecer. Para maiores informações, clique na imagem abaixo:

Controle-de-infecção-hospitalar-300x212 Controle de infecção hospitalar

 

marcus

Olá, meu nome é Marcus Vinícius, tenho 32 anos. Sou blogueiro, enferrmeiro e referência técnica do Centro de Atenção Psicossocial CAPS I de Lagoa da Prata/MG. Sou graduado em Enfermagem pela Universidade de Uberaba UNIUBE. Os meu objetivo neste blog é trazer um conteúdo esquematizado e de fácil entendimento para te auxiliar nas suas pesquisas e estudos na área de enfermagem, saúde pública e saúde como um todo.

Website: http://www.enfermagemesquematizada.com.br

Deixe uma resposta