Página destinada á assuntos ligados á feridas e curativos tão importantes para concurso de enfermagem e áreas afins.

Deiscência de sutura Quando há ruptura de tecidos, seja por conta de cirurgias, traumas, cortes, ou qualquer outro motivo, é preciso suturar: isto é, unir dois bordos com fio específico e técnica adequada. Mas, existem situações, desencadeadas por diversos motivos que podem fazer com que os pontos se “soltem”, causando assim, a deiscência da sutura. O que é o profissional precisa saber...
Escara ou esfacelo é o nome dado ao tecido necrosado gerado por lesão por pressão que surge, direta ou indiretamente, por compressão de tecidos que estão situados entre uma proeminência ou superfície óssea e uma superfície rígida. Lesão por Pressão Versus Escaras Úlcera por pressão é diferente de escaras embora sejam tratados como sinônimos. Saiba o porquê na linhas abaixo: Lesão por...
Evisceração é a extrusão ou exposição de vísceras abdominais devido á ruptura de suturas da ferida operatória. Em outras palavras, evisceração é uma complicação pós operatória caracterizada pela saída de vísceras intra-abdominais por causa de um rompimento total ou parcial das suturas (deiscência da ferida operatória).   Causas A evisceração é provocada por uma má cicatrização que pode ser causada pelos 3...
Deiscência pode ser definida como uma complicação pós operatória em que há a abertura espontânea de suturas da ferida cirúrgica devido a uma má cicatrização. Geralmente a abertura da incisão cirúrgica pode ser total e parcial e ocorre após uma distensão abdominal acentuada ou grande esforço fazendo com que a sutura da ferida operatória se abra promovendo a saída...
FUNÇÕES DO CURATIVO Atualmente existem inúmeros tipos de Curativos que variam de acordo com a indicação de cada tipo de ferida. Os curativos tem finalidades de propiciar um meio adequado para a cicatrização cujas  funções são as seguintes: 1 - Manter a umidade entre a ferida e o curativo, favorecendo a rápida epitelização, diminuição da dor e aceleração da destruição de...
Existem vários fatores que interferem na cicatrização como: Fatores locais:  relacionados ás condições da ferida e técnica cirúrgica envolvida. Fatores gerais: relacionados ás condições clínicas do paciente. Fatores Locais que interferem na cicatrização. As condições da ferida e o meio pelo qual ela é tratada interfere na cicatrização da mesma. São considerados fatores locais que interferem na cicatrização: Vascularização das bordas...
Hoje abordaremos a classificação das feridas. As feridas podem ser classificadas de três formas diferentes de acordo com: o agente causal;  o grau de contaminação e; o comprometimento tecidual.   1 - Classificação das feridas quanto ao agente causal: Incisivas ou cirúrgicas: São feridas limpas produzidas por um instrumento cortante. Para que haja a cicatrização deverão ser fechadas por suturas. Os...
Existem três tipos de cicatrização ou formas pelas quais uma ferida pode cicatrizar que dependem: da quantidade de tecido lesado ou danificado; e da presença ou não de infecção: primeira intenção, segunda intenção e terceira intenção. Tipos de cicatrização quanto á presença de infecção: Primeira intenção: Não há presença de infecção e as bordas estão próximas ou aproximadas para ocorrer a...
A fases da cicatrização de feridas envolvem as seguintes etapas básicas: Fase inflamatória; Fase proliferativa - Nesta fase temos a reepitelização, síntese da matriz e neovascularização; Fase de maturação.   FASE INFLAMATÓRIA Esta fase inicia-se no momento exato da lesão e termina cerca de 36 horas após o início do trauma...